quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Zumbisite

Fui hoje ao otorrino para ver a zumbisite. A dor no cabeção não passa há duas semanas, e nos últimos dias ganhei um plus a mais: dor de ouvido. Fora essa sensação de arrastar as chinelas,estranha vontade de responder tudo com mantras hummm-naaaaoooo-mmemmmm-enchemmmm-ommmm-sacommmm...
Fui às 11h da manhã, coisa que nunca faço na vida e saí do trabalho correndo e culpada, por deixar a estagiária sozinha (mesmo o chefe estando na Europa! E ave, sou secretaria, existo para servir ao amo, oh) enfim, o médico demorou umas duas horas para me atender e ou ele não dormia há 15 dias ou passou a noite numa nave alienígena com sondas para todos os lados, primeiro por que ele escreve tudo de cabeça para baixo e ao contrário e imagino que ele não tem como ter idéia do que está escrevendo(o que me distraiu deveras durante a consulta) segundo por que não respondeu nenhuma das perguntas simples que eu fiz, tipo 'onde faço esse exame, aqui ou no hospital?'
E bom. Infeções everywhere. Ele olhava os buracos e dizia "bom" o que eu imaginei que queria dizer literalmente, mas depois descobri que não, tava tudo fudidaço.
Me prescreveu uma injeção que prontamente reclamei, pois a última que me aplicaram (profenide, argh) me deu uma tremenda dor na bunda e não melhorou nada meu aspecto morto-vivo, mas ele ignorou e prescreveu assim mesmo (acho que tava lembrando de uns certos cabeções carecas com olhos de coruja).
Enfim. Tomei injeção, comprei os antibióticos, sprays, bolinhas, tomei tudo, liguei umas 150 vezes para a estagiaria e enfim, por volta das 4 da tarde dormi, morrendo de culpa. Levantei às 8 da noite ainda com dor de ouvido, nariz, garganta, cabeça e com os pensamentos em slow motion, sonhando em enfiar a cara num travesseiro quente ou num buraco na terra, o que ajudar nessa sensação mega-esquisita de cansaço misturado com muitos pensamentos lerdos caminhando pela testa... Enfim, pelo menos a bunda não doeu dessa vez (não era profenide, era um treco com corticoide), mas também não adiantou nada. Estou comendo neosaldina igual MM. Agora à noite perdi a droga do sono.
E me pesei e descobri que não estou mais gorda. Estou obesa mórbida(ou uma mórbida obesa, que combina com minha personalidade, hehe).
E PRECISO, PRECISO, PRECISO parar de comer...
Agora vou enfiar a cara no travesseiro para ver se melhora, pois daqui a pouco é hora de trabalhar (céus, os pássaros já estão cantando lá fora)...

5 comentários:

Camila disse...

Oie,Dalila
Sinusite eh o oh!Lah vai eu com receitinha rs!Jah tomou Tilenol DC,eh muito bom para minhas dores de cabecas que soh faltam me matar rs!
Em relacao a dieta, eu fucei na net com a ajuda do maridao e peguei monte de coisas dos vigilantes do peso, e estou fazendo,se vc quizer eu posso te passar por email eh soh me avisar,quem sabe assim vc se anima,fazemos juntas!Que vc acha?
Melhoras
Beijos

chaverdecomlimao disse...

Dalila,
Me divirto com os teus posts. Embora eu sei que você está aí com dor, chateada, você consegue ser engraçada!
Mas, voltando ao problema, você está fazendo alguma atividade física?
Olha, eu acho que 70% dos teus problemas irão embora se você começar algo. eu sei. É chato, é difícil. Mas não pense que as pessoas que comem muito e não engordam (pelo menos 95% delas) não se sacrificam com algo.
Então tenta fazer alguma coisa que você se identifique: Yoga, Pilates, boxe, pump, jump, esteira, musculação... vai te ajudar muito. Não tem nenhuma maneira milagrosa de conseguir isso. E o corpo e a mente agradecem.
Acho que você precisa também tomar algo pra te ajudar. Consulta um médico, ou um terapeuta. Talvez florais ajudem.
Beijo e fique bem!

Rose disse...

Dalila....ri do seu post...oooo Deus tadinha dela....foi uma labuta o dia desse post hein!

Ah outra coisa q descobri é q somos colegas de profissão....eu tbm sou secretaria...hehehe....mas agora aposentada....casei...parei de trabalhar...snif.....

Amiga... não à de ser nada não....tudo vai melhorar....hehehe

Bjokinhas da Rose

Mônica disse...

Oi

Dalila, encontrei seu blog... estou te seguindo, lendo seus posts e compartilhando suas angústias...

bjus

Tati disse...

Oi Dalila , e aí melhorou um pouco?
Minha mãe anda com esses mesmos sintomas seus , há um mês mais ou menos .Mas a gente mora em uma cidade onde o clima não ajuda muito né?
Um beijão ,se cuida amiga