segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Dia das Bruxas




Semana passada foi Halloween.


A princípio eu era toda patriota, achava um absurdo importarmos uma cultura que mal conhecemos... mas quer saber, ver aquela criançada correndo em bandos, todos vestidos de bruxinhas, caveiras e vampiros é muito fofo!

Olha, dei os chocolates para eles, depois saí lá fora e fiquei olhando as decorações das casas, as roupinhas das crianças, as risadas, a correria... e sabe, fiquei ali pensando com que roupa eu fantasiaria meus filhos, se minha filha ficaria fofinha de bruxinha e se meu menino iria se fantasiar de lobisomen ou de conde drácula... se eu iria me sentar com eles no chão da sala para contar todos os doces que eles teriam ganho e qual fantasia tinham achado mais legal...




Também visitei uma amiga que teve um bebê. Um bebê lindo, de olhos claros, cheio de sorrisos e covinhas! Puxa, não tem como né? A gente nunca mais vai poder olhar para uma criança e deixar de pensar que você poderia ter um filho daquela idade, daquele tamanho? Detesto esse sentimento, pois acho que o pior sentimento que um ser humano pode ter é a inveja (aliás, o pior é a maldade, mas a inveja é muito baixa, demonstra falta de caráter, baixeza...). Sei que jamais pensei com maldade ou com sentimento de querer algo que não é meu, nem nunca pensei que eu merecia mais do que alguém (só quando vejo essas doentes jogando seus filhos no lixo, daí penso que elas não mereciam o presente que receberam), mas fora isso, sempre que vejo uma amiga com um bebê, fico feliz por ela (de todo meu coração) e pergunto tudo o que tenho de curiosidade, mas sempre volto para casa e olho para o quarto vazio. E então começo a me sentir culpada por me comparar. Mas não consigo evitar... me pergunto se eu teria decorado o quarto do mesmo jeito, se teria as mesmas experiências, se viveria as mesmas coisas...

Chiii, povo essa semana estou deprê...


Finados ontem. Problemas de saúde na família. Problemas de não saber se faço ou não nova tentativa... sei lá. Estou deprê.


beijos e boa semana.
De alegre aqui hoje só vão ficar umas fotinhas para levantar o ânimo um pouco...

2 comentários:

Drikas disse...

Miga, já venho com uma semana de atraso, e espero que a esta altura já tenhas levantado o astral (como dizem por ai). É normal olhares para um bebe ou para as crianças na rua, e teres esse tipo de sentimento, que nada tem a ver com inveja ou maldade, é apenas o realçar de um desejo muito forte.

Bjokinhas,

Eu... disse...

Amiga vamos lá a levantar o astral, vá lá, espero que este fim de semana seja melhor e que os problemas de saúde da tua familia já estejam resolvidos, a saúde é o bem mais precioso e mais importante de tudo, desejo as melhoras!

Amiga, é normal esse sentimento, eu acho que não é de inveja, mas sim da dor de não termos os nossos bebés, ficamos felizes por elas, mas tristes por nós, mas amiga, um dia vamos conseguir, tenho a certeza!

Um grande beijo!
Cakuxa