terça-feira, 19 de agosto de 2014

Leite de cabra

Estou aos poucos me reeducando a procurar alimentos mais saudáveis, que sejam produtivos para o organismo que façam mais do que simplesmente matar a fome. Nessa onda, estou evitando os pães brancos, os chocolates e doces em geral (essa última parte, a mais dificil) e tentando gostar e colocar na dieta diária uma porção maior de frutas, legumes e itens integrais. Ouvi falar que o leite de soja (que é o que eu tomo há tempos) tem muito açúcar e é muito processado para chegar a um sabor agradável. E me indicaram o leite de cabra.
Dei um search e descobri que algumas pessoas com alergia ao leite de vaca, se dão bem com o leite de cabra. Eu adoro leite e seus derivados, mas acho que depois de uma vida tomando leite de forma exagerada, meu organismo deu um basta. Hoje, posso tomar leite (de vaca) desde que uma vez na semana (no máximo) , e os derivados com muuuito cuidado, poucas quantidades e sem exageros (os queijos brancos são os piores). Pois bem, estou agora testando o leite de cabra. Depois eu volto para contar se meu organismo se deu melhor com ele, mas até agora, nas duas versões que eu testei (longa vida e em pó), não tive nenhum desconforto ou mal estar, como acontecia com o leite de vaca. Pelo o que descobri na minha pesquisa, ele tem as partículas de gorduras menores  o que ajuda a digestão, menos colesterol e menos açúcar...

Experimentei o leite da marca Caprilat, o longa vida e o leite em pó. Gostei mais do leite em pó, achei mais docinho e gostoso. O leite longa vida é um pouco salgadinho, vc tem que se acostumar ao sabor, e achei que o líquido fica bom quando usado em receitas salgadas, como sopas, molhos, etc.... Fiz algumas receitinhas, que achei no site da Caprilat, que gostei:

*Sopa de cenoura - cenouras cozidas, cebola, leite, Gostosa e levinha. Acrescentei à receita uns macarroezinhos.... :-)

*Fiz molho vermelho com leite: extrato de tomate, tempero e em substituição à água,  uso leite. Essa é a minha receita de molho normalmente, pois ele fica mais suave, e fica encorpado e saboroso.Com o leite de cabra, o sabor ficou bom, não deu muita diferença em relação ao outro leite, mas pude comer sem passar mal depois.

Li diversas reportagens falando que a producao é mais natural e que no leite de vaca, devido ao grande consumo, que as doses de hormônios e antibióticos dados aos animais é muito elevada, e que no caso das cabras, a coleta e ordenha é mais natural e portanto, torna o leite mais saudável. Também que as gorduras são de fácil absorção, que o percentual de lactose é menor, que inclusive há recomendação para crianças com alergia ao leite de vaca. Achei bem interessante, vou testar por uns tempos e depois venho aqui para contar para vcs o que achei, se a intolerância diminuiu e se dá para partir para essa opção para sempre!

Quero agora experiementar os queijos! :-)

Alguns links que falam dos benefícios do leite de cabra:


http://www.pratiqueleite.com.br/article.php?recid=2803

Um comentário:

Bibi Ribeiro disse...

Dali, eu tenho sérios problemas com a alimentação. EU!
Marido come super saudável e Nina também. Não gosta de porcaria. Mas não oferecemos doces, salgadinhos, alimentos industrializados.
O problema sou eu mesmo.
Gente, eu vou pelo prático. Tenho preguiça de fazer. Que vergonha.
ando com fortes dores nas costas e lombar e tenho certeza que é do meu peso. Preciso urgente fazer exercícios e emagrecer uns 15 kg. Mas cadê força, cadê vontade, cadê tudo?
Preciso me animar. Talvez até tomar algo pra me fazer ter mais disposição...
Vem contar pra gente como está essa sua experiência!!!
Bjo!